quarta-feira, janeiro 17

OFICIAIS

Pink Floyd – Animals - 1977 (with Book of George Orwell)


Quando o álbum Animals foi lançado, em 1977, boa parte da crítica especializada torceu o nariz, classificando esse trabalho do Pink Floyd como "hermético demais" e "de difícil compreensão". Bobagens à parte, o fato é que os fãs da banda deliraram com esta fábula musical inspirada no emblemático romance, A Revolução Dos Bichos, de George Orwell, que falava sobre a tomada de poder numa fazenda através de uma rebelião comandada por um porco.Esse trabalho Roger Waters dividiu o mundo em cães, porcos e ovelhas se observarmos representa muito bem as divisões geoeconômicas do mundo, ou seja, comunismo, capitalismo e o terceiros mundo. O trabalho mostra muita bem intelectualidade das letras e idéias. Em se tratando da musicalidade é de admirar a guitarra de Gilmour e o vocal de Waters,criaram melodias arrebatadoras, que renderam um espetáculo de belíssima concepção visual, a exemplo do que acontecera com Dark Side Of The Moon quatro anos antes e antecedendo o que viria dois anos depois, com The Wall. O disco, gravado em moderníssimos estúdios europeus, tem sonoridade que ainda hoje soa revolucionária, não só artisticamente, mas também no campo técnico. O repertório traz cinco longas e envolventes peças: "Pigs On The Wing um", "Dogs", "Pigs", "Sheep" e "Pigs On The Wing 2".Particularmente, penso que esse disco encerra uma trilogia de excelência de uma banda de rock - Dark Side, Wish You Were Here e Animals. Talvez a melhor triologia do rock. É quase umas seqüências mais cortantes, ácidas e sérias do disco anterior (Wish You...). Tem umas sonoridades diferentes, exclusivas até hoje. As letras são belas, tristes, críticas. A guitarra do David Gilmour está ótima. A propósito, conforme a opinião do próprio tem seu 2º melhor solo no final da música "Pigs". E, curiosamente de segundo o mesmo o melhor solo foi realizado na 1ª sessão de gravação da mesma música que foi apagado acidentalmente. Um excelente disco.Como diz o título do Cd: ANIMAL! È isso que resume este belíssimo trabalho do Floyd. Imperdível e ANIMALESCO! By Mystique.

Tracks:
1. Pigs on the wing Part 1 (1:25)
2. Dogs (17:04)
3. Pigs (three different ones) (11:28)
4. Sheep (10:16)
5. Pigs on the wing Part 2 (1:25)

Line Up:

- David Gilmour / guitars, vocals
- Nick Mason / drums, percussion
- Roger Waters / bass, vocals
- Richard Wright / keyboards

Link: LINK


Pink Floyd – Atom Heart Mother - 1970


Desde o primeiro disco da banda,este é o primeiro a apresentar um trabalho progressivo mais bem acabado e elaborado é o primeiro também a conter uma daquelas gigantescas músicas que seriam tão comuns na carreira do grupo.
"Atom Heart Mother"é junto do álbum posterior,"Meddle(71)"é um esforço sinfônico em que as peças centrais são duas longas composições divididas em seis movimentos.
As músicas são resultado da colaboração entre a banda e o compositor de Avant-Garde Ron Geesin,que acabou por trazer novos componentes ao trabalho do grupo.
O Cd começa com uma sequência de cordas composta por David Gilmour - a trilha que empresta o nome ao álbum e se torna uma obra de arte com a ajuda de Geesin.
Através de vinte minutos entitulados "Breast Milky","Funky Dung" e "Mind Your Troat Please",a grandiosidade do som metálico explode,com a percussão que fica'pairando no ar'e as contribuições pop do conjunto que dão unidade à orquestração.
"Alan´s Psycodelic Breakfast" parece alguém murmurando sobre si mesmo,até que seja interrompido pelo som dos teclados de Richard Wright.
"Atom Heart" ainda tem a balada folky escrita por Roger Water "If" o som psicodélico de Wright na excepcional "Summer ´68" e mais uma composição de Gilmour,"Fat Old Sun".(por Mystique)

Tracks:
1. Atom Heart Mother (23:51)
a) Father's shout
b) Breast milky
c) Mother fore
d) Funky dung
e) Mind your throats please
f) Remergence
2. If (4:24)
3. Summer '68 (5:26)
4. Fat old sun (5:17)
5. Alan's psychedelic breakfast (12:56)
a) rise and shine
b) sunny side up
c) morning glory

Line Up:
- David Gilmour / guitars, vocals
- Nick Mason / drums
- Roger Waters / bass, vocals
- Richard Wright / keyboards, vocals

Aditional musicians:
- Ron Geesin / orchestrations
- John Aldiss Choir / vocals

Link: LINK



Pink Floyd – The Piper At The Gates Of Down - 1967


The Piper at The Gates of Dawn foi ofuscado somente pelo lançamento do disco Sgt. Pepper''s dos Beatles, esse foi o azar do Floyd. Convenhamos, The Piper é muito mais revolucionário! É uma viagem à conturbada e genial mente de Syd Barrett. Esse disco foi e ainda é inspiração para muitos artistas, entre eles a banda alemã Kraftwerk (os papas da música eletrônica). Diferentemente dos Beatles que começaram a carreira com baladinhas sem expressão como Twist and Shout, o Pink Floyd iniciou revolucionando. Músicas como Astronomy Domine são inimagináveis para a época em que foram lançadas. Antes mesmo de o homem pisar a Lua, Syd Barrett em sua brilhante e insana mente já descrevia o espaço sideral. O uso de LSD o tirou do Pink Floyd. A morte da banda parecia certa sem seu cérebro, então o mundo descobre outros dois gênios que viriam salvá-la: Roger Waters e David Gilmour. Mesmo assim, o Pink Floyd seguiu as sombras de seu criador.

Tracks:
1. Astronomy Domine (4:12)
2. Lucifer Sam (3:07)
3. Matilda Mother (3:08)
4. Flaming (2:46)
5. Pow R. Toc H. (4:26)
6. Take Up Thy Stethoscope And Walk (3:05)
7. Interstellar Overdrive (9:41)
8. The Gnome (2:13)
9. Chapter 24 (3:42)
10. Scarecrow (2:11)
11. Bike (3:21)

Line Up:
- Syd Barrett / guitar, vocals
- Nick Mason / drums
- Roger Waters / bass, vocals
- Richard Wright / organ, piano

Link: LINK






Pink Floyd - The Dark Side Of The Moon - 1973


Pink Floyd emergiu em meados dos anos sessenta com um estilo bem diferente - mais experimental, com conceitos futuristas. Quatro músicos comandando um arsenal eletrônico e coordenando seus efeitos especiais com autoridade e muita categoria. "The Dark Side Of The Moon" é o nono disco do grupo, lançado em 1973, época na qual o grupo possuía uma legião de seguidores devido a seus shows apoteóticos nos Estados Unidos. O engenheiro de longa data da banda, Alan Parsons, usou uma infinidade de efeitos sonoros, como projetos estereofônicos que chegaram até a simular o barulho ensurdecedor de uma sala repleta por relógios usada na musica "Time". "On The Run" tem efeitos de passos e aviões que parecem voar sobre a cabeça. "Money" é amplamente tocada pelo saxofone de Dick Parry, que ainda contribui para um maravilhoso solo de tirar o fôlego em "Us And Them". O álbum lida com temas delicados como a depravação da vida humana, o que raramente é abordado em rock e dá ao Cd uma grande riqueza conceitual Sem dúvida alguma, o melhor trabalho do Pink Floyd. Letras que tratam da fragilidade humana, da cobiça, da alienação... temas que levam qualquer um à reflexão.

Tracks:
1. Speak to me (1:16)
2. Breathe (2:44)
3. On the run (3:32)
4. Time / Breathe (reprise) (7:06)
5. The great gig in the sky (4:44)
6. Money (6:32)
7. Us and them (7:40)
8. Any colour you like (3:25)
9. Brain damage (3:50)
10. Eclipse (2:04)

Line Up:- David Gilmour / guitars, vocals
- Nick Mason / drums
- Roger Waters / bass, vocals
- Richard Wright / keyboards

WITH:
- Dick Parry / saxophone (6-7)
- Clare Torry / lead vocals (5)
- Leslie Duncan, Lisa Strike, Barry St. John & Doris Troy / backing vocals

Link: LINK

Marcadores:

8 Comentários:

At 5:47 AM, fevereiro 08, 2007, Blogger ViPCunh@Song said...

excelente blog PARABÉNS - só agora tive acesso as obras lançadas em outros paises, principalmente da melhor banda progressiva do mundo.

 
o
At 11:09 AM, março 05, 2007, Anonymous Luciana Aun said...

Parabéns pelo excelente blog.Consegui achar aqui coisas que procurava há mais de 10 anos.
Obrigada!!!

 
o
At 4:28 AM, abril 21, 2007, Anonymous Hélio said...

Pink Floyd com ou sem Roger Waters é o melhor de todos os tempos.

 
o
At 1:14 PM, abril 27, 2007, Anonymous Enrico said...

Animals é o melhor trabalho do Floyd.

 
o
At 6:25 AM, outubro 09, 2007, Anonymous Anônimo said...

Muito bom o conteúdo praticamente exclusivo do Pink Floyd deste blog!! Parabéns aos gerenciadores...

VRC

 
o
At 3:57 PM, outubro 29, 2007, Anonymous pontus said...

Thanks, great work!

 
o
At 2:52 PM, dezembro 04, 2007, Anonymous  said...

Twist & Shout não é uma baladinha, muito menos uma música sem expressão, meu amigo.
Aposto que você, o próprio syd, e quem sabe até seus pais já dançaram essa música.

 
o
At 12:32 AM, janeiro 22, 2008, Anonymous Anônimo said...

Is there any chance for new download links? PLEEEAAASE....!!!

 
o

Postar um comentário

<< INÍCIO